Seguidores

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Uma das principais características atribuídas aos taurinos...

No filme Viagem 2: A Ilha Misteriosa, continuação de Viagem ao Centro da Terra - O Filme, o taurino Dwayne Johnson (02/05) toca ukelele e faz uma paródia em cima da versão do também taurino Israel Kamakawiwo'ole (20/05) para a canção "What a Wonderful World". Na cena, Dwayne substitui os versos por piadas que têm relação com o enredo do filme, mas o arranjo é o mesmo do músico havaiano que tomou o mundo de assalto na década de 1990.





Lembrou? Então, conheça um pouco mais da voz por trás da versão extraordinariamente popular, talvez ainda mais do que a do próprio Louis Armstrong, para a música de Bob Thiele e George David Weiss.

Costumam dizer que uma das características dos taurinos é adorar comer. E esta, lamentavelmente, foi a razão para que perdêssemos muito cedo a voz aveludada e reconfortante de Israel Kamakawiwo'ole, também conhecido como Bruddah Iz (Brother Iz). Sempre acompanhado de seu ukele, Israel forjou um estilo inconfundível, uma versão contemporânea da música tradicional havaiana com toques de reggae e jazz. 





Seu álbum mais famoso, Facing Future, lançado em 1993, continha o medley de "Somewhere over the Rainbow" e "What a Wonderful World", que estourou mundialmente depois que um trecho foi incluído num comercial da Toys "R" Us, e apareceu posteriormente em diversos seriados, entre os quais Lost, GleeCold Case, E.R.Havaí 5.0, American Dad!, Médicos e EstagiáriosYoung Americans e Life on Mars; nos documentários em série Pacífico SulCaçadores de Tempestades, e em filmes como Mensagem para você, K-PAXEncontro Marcado, Encontrando ForresterMadagascar, O Filho do Máskara, Como Se Fosse a Primeira Vez e Titio Noel, para citar alguns.




Bruddah Iz descendia de uma linhagem pura de nativos havaianos com raízes ancestrais na "ilha proibida" de Ni'ihau, cujos habitantesainda hoje, falam uma variedade própria do havaiano e mantêm vivas as antigas tradições. Iz tornou-se emblemático como um dedicado defensor da independência do arquipélago do Havaí e dos direitos humanos dos locais, o que ficava patente não só pela vida que levava como nas letras de suas músicas, que exprimiam o amor pela cultura e valores de seu povo. Um bom exemplo, é a canção "Hawai'i 78".


Ni'ihau


Da criança gordinha que podemos ver em suas fotos de infância, na juventude Israel passou à obesidade mórbida, que o acompanhou por toda a vida adulta, agravando-se a ponto de ele chegar a pesar 343 kg, tendo a altura de 1,88 m. Passando constantemente por internações hospitalares, ele veio a falecer com apenas 38 anos, por complicações cardíacas e respiratórias devido ao seu peso excessivo.








Cerca de dez mil pessoas participaram de seu funeral, em 10 de julho de 1997. Dois dias depois, suas cinzas foram espalhadas no Oceano Pacífico em Makua Beach, homenagem que atraiu milhares de fãs para a praia e o mar, em barcos, canoas e pranchas de surfe, enquanto em terra, por todas as rodovias do Havaí, carros e caminhões buzinavam em sua honra. As cenas da dispersão de suas cinzas podem ser vistas no vídeo oficial de "Over the Rainbow":





"What a Wonderful World"




Curiosidade: Dwayne Johnson, que além de protagonizar também produziu Viagem 2: A Ilha Misteriosa, prometeu em 2015 mais duas sequências para o filme e, em março de 2017, foi anunciado que Journey 3: From the Earth to the Moon já está em fase de produção, com Brad Peyton novamente na direção.


Confira aqui o que já publicamos sobre Dwayne Johnson.

Nenhum comentário:

Postar um comentário